25112020Qua
AtualizadoTer, 24 Nov 2020 4pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

Drops de genômica

Enzimas APOBEC no mecanismo de edição do mRNA

Murad 2019 bxO oncologista André Murad (foto) explica a APOBEC (enzima de edição de mRNA de apolipoproteína B, semelhante a polipeptídeo catalítico), uma família de citidina desaminases evolutivamente conservadas. Confira, em mais um tópico da coluna Drops de Genômica.

Por André Murad* 

Um mecanismo de geração de diversidade de proteínas é a edição de mRNA. Os membros desta família são enzimas de edição C (citidina) para-U (uracil). O domínio N-terminal de proteínas do tipo APOBEC é o domínio catalítico, enquanto o domínio C-terminal é um domínio pseudocatalítico. Mais especificamente, o domínio catalítico é um domínio de citidina desaminase dependente de zinco, e é essencial para a desaminação de citidina. 

A edição de RNA por APOBEC-1 requer homodimerização e este complexo interage com proteínas de ligação de RNA para formar o editossomo. Em humanos/mamíferos, estas enzimas ajudam na proteção contra infecções virais. Adicionalmente, quando desreguladas, essas enzimas são a principal fonte de mutação em vários tipos de câncer. 

Os genes humanos que codificam membros da família de proteínas APOBEC incluem: APOBEC1, APOBEC2, APOBEC3A, APOBEC3B, APOBEC3C, APOBEC3D (agora chamada de APOBEC3E), APOBEC3F, APOBEC3G, APOBEC3H, APOBEC4, Citidina-desaninase induzida por ativação (AID). 

APOBEC3A e APOBEC3B, citidina desaminases da família APOBEC, estão entre os principais fatores causadores de mutações em cânceres humanos. APOBEC desamina citosinas em DNA de fita simples (ssDNA). Uma fração das mutações induzidas por APOBEC ocorre como clusters no DNA de fita simples produzidos durante o reparo de quebras de fita dupla (DSBs). No entanto, as propriedades dos 87% restantes das mutações induzidas por APOBEC não agrupadas, a fonte e onde ocorre a distribuição genômica do ssDNA são desconhecidas.  

Ao analisar bancos de dados genômico e exômico de vários tipos de câncer, mostrou-se que mais de 33% das mutações induzidas por APOBEC dispersas ocorrem na fita retardada durante a replicação do DNA, desvendando-se assim a principal fonte de ssDNA direcionada por APOBEC no câncer.

201022 drops abopec jpg

*André Murad é diretor científico do Grupo Brasileiro de Oncologia de Precisão (GBOP), diretor clínico da Personal - Oncologia de Precisão e Personalizada, professor adjunto coordenador da Disciplina de Oncologia da Faculdade de Medicina da UFMG, e oncologista e oncogeneticista da CETTRO Oncologia (DF)
Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519