26092020Sáb
AtualizadoSex, 25 Set 2020 4pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

ASCO GI 2014

Erradicação do H. Pylori é a chave para eliminar o câncer gástrico

Helicobacter_pylori_RGB_bx.jpgEm sua apresentação durante o Simpósio Gastrointestinal (2014 Gastrointestinal Cancer Symposium), o gastroenterologista David Y. Graham, do Baylor College of Medicine, afirmou que para eliminar o câncer gástrico o mundo precisa unir esforços para erradicar a Helicobacter pylori. Graham analisou décadas de extensivas pesquisas em câncer de estômago e verificou que a infecção por H. pylori causa mais de 95% dos tumores gástricos; além de contribuir para a inflamação crônica e a instabilidade genética que resultam no câncer gástrico. O risco de desenvolver a doença também se correlaciona com o grau e a gravidade da gastrite atrófica, que pode ser medido com exames não-invasivos, simples.

Graham argumenta que para eliminar o câncer gástrico o primeiro passo é rastrear adultos e crianças doentes infectados com H. pylori, através de um teste não invasivo. Quem possuir a bactéria deve receber tratamento para eliminar a infecção.
São necessários também medidas adicionais de avaliação de risco e de vigilância, particularmente em países de alto risco. Embora a erradicação da H. pylori remova a causa fundamental do câncer gástrico, os indivíduos previamente infectados que sofreram danos irreversíveis à mucosa gástrica permanecem em risco. Entre essas pessoas, a extensão e gravidade da gastrite atrófica pode ser avaliada de forma não-invasiva com base em mudanças nos níveis séricos de pepsinogênio e, se necessário, através de uma avaliação histológica de biópsias da mucosa gástrica, usando um sistema de estratificação de risco validado (por exemplo, o sistema de OLGA). Os indivíduos com alto risco de câncer gástrico seriam seguidos com endoscopia para rastrear a doença em seus estágios iniciais.

Alguns países com alto índice de H. pylori já tomaram medidas de prevenção primária (erradicação) e secundária (vigilância endoscópica de indivíduos de alto risco). Em 2013, o governo japonês aprovou o tratamento de infecção por H.pylori com o objetivo de eliminar o câncer gástrico no país.

http://gicasym.org/h-pylori-eradication-key-eliminating-gastric-cancer 

Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
300x250 ad onconews200519