28102020Qua
AtualizadoTer, 27 Out 2020 2pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

Terapia de privação androgênica e SARS-CoV-2 no câncer de próstata

covid19 3 bxArtigo de Montopoli et al. sugeriu que a terapia de privação androgênica (ADT ) poderia proteger parcialmente  pacientes com câncer de próstata da infecção por SARS-CoV-2. Agora, pesquisadores do Helsinki University Hospital publicaram novos dados no Annals of Oncology, indicando que não houve diferença nas possíveis comorbidades e na gravidade da doença provocada pela COVID-19 entre pacientes com e sem ADT.


Nutrição e câncer de ovário, o papel da ingestão de ácidos graxos trans industriais

OvarioEstudo epidemiológico que avaliou a associação entre câncer de ovário e ácidos graxos mostra que a ingestão de ácido trans elaídico industrial foi positivamente associada ao câncer de ovário, assim como o maior consumo de ácido linoléico e ácido n-3 α-linolênico. Os resultados estão em artigo de Yammine et al. na edição de setembro da Cancer Epidemiology, Biomarkers and Prevention.

Inibição de CDK4/6 no câncer de mama inicial

banner podcast onconews 300x250pxSelecionado para apresentação oral no ESMO 2020, o monarchE avaliou o uso do inibidor de CDK4/6 abemaciclibe em combinação com a terapia endócrina no tratamento adjuvante de pacientes com câncer de mama inicial HR+, HER2−, com alto risco de recorrência. Publicado simultaneamente no Journal of Clinical Oncology (JCO), o estudo é tema de mais um PODCAST ONCONEWS, com análise do mastologista Silvio Bromberg, médico do Centro de Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein e do departamento de Mastologia da BP Mirante. Ouça.

RADICALS-RT não apoia radioterapia adjuvante no câncer de próstata inicial de alto risco

Chris ParkerQual o momento ideal para a radioterapia pós-operatória em pacientes com câncer de próstata de alto risco? Resultados do estudo randomizado de Fase III RADICALS-RT publicados no Lancet não apoiam a administração de rotina de radioterapia adjuvante após a prostatectomia radical. “A radioterapia adjuvante aumenta o risco de morbidade urinária”, descrevem os autores, argumentando que a observação com radioterapia de resgate nos casos de progressão bioquímica do PSA deve ser o padrão atual após a prostatectomia radical. Chris Parker (foto), do Royal Marsden NHS Foundation Trust, é o primeiro autor do estudo.

Cirurgia anti-refluxo e risco de câncer de pulmão

pulmao 2020 bxEstudo nórdico de base populacional investigou se a cirurgia anti-refluxo diminui o risco de carcinoma de pequenas células, carcinoma de células escamosas e adenocarcinoma de pulmão, dependendo de sua localização em relação à microaspiração. Os resultados mostram que a cirurgia anti-refluxo não diminuiu o risco de adenocarcinoma pulmonar, embora tenha reduzido o risco de carcinoma de pulmão de células pequenas e do carcinoma de células escamosas. Resultados semelhantes foram reportados em pacientes com esofagite de refluxo ou esôfago de Barrett.

Consumo de café e sobrevida no câncer colorretal avançado

vania anaelisaChristopher Mackintosh, da Mayo Clinic, é primeiro autor de estudo que discute a associação entre o consumo de café e a sobrevida de pacientes com câncer colorretal avançado ou metastático. A conclusão dos autores está em artigo no JAMA Oncology e indica que o aumento da ingestão de café está associado a um menor risco de progressão da doença e morte. A nutricionista Ana Elisa Anjos (na foto, à esquerda) e a nutróloga Vânia Assaly analisam os resultados.

Resultados de sobrevida global de enfortumab vedotin-ejfv no câncer urotelial avançado

BexigaO estudo clínico de Fase III EV-301 atingiu o endpoint primário de sobrevida global do anticorpo droga-conjugado enfortumab vedotin-ejfv (PADCEV®, Astellas Pharma Inc. e Seattle Genetics) em comparação com a quimioterapia em pacientes com câncer urotelial localmente avançado ou metastático previamente tratados com quimioterapia à base de platina e um inibidor PD-1 / L1. O estudo foi interrompido precocemente devido aos resultados positivos na análise interina.

Medo de recidiva em sobreviventes de câncer renal

cristiane bergerot oficial bxA psico-oncologista Cristiane Bergerot (foto), do Centro de Câncer de Brasília (CETTRO), é primeira autora de estudo publicado no JCO Oncology Practice que avaliou a prevalência de medo de recidiva do câncer entre sobreviventes de carcinoma de células renais localizado.

CheckMate-274: nivolumabe adjuvante no carcinoma urotelial

bexiga 2020O anti-PD-1 nivolumabe reduziu o risco de recidiva em pacientes com câncer urotelial músculo-invasivo com alto risco de recidiva após a cirurgia. Os resultados da análise intermediária do estudo de Fase III Checkmate-274 foram anunciados em comunicado divulgado pela farmacêutica Bristol Myers Squibb, fabricante do medicamento.

Novas descobertas sobre a caquexia associada ao câncer de pâncreas

Martin 2019 bxO adenocarcinoma ductal pancreático (PDAC) e a caquexia associada ao câncer (CAC) são multifatoriais e caracterizados por redes inflamatórias desreguladas. Estudo publicado na Nature Communications mostra que a citocina pró-inflamatória IL-20 é um mediador crítico na progressão do PDAC e que o anticorpo monoclonal anti-IL-20 (mAb) 7E foi capaz de neutralizar essas citocinas. Martín Bonamino (foto), pesquisador do Instituto Nacional de Câncer (INCA) e da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), comenta os achados.

Relatório anual da AACR destaca avanços na pesquisa e tratamento do câncer

aacr report bxA American Association for Cancer Research (AACR) pubicou a décima edição do Cancer Progress Report, destacando os principais progressos na pesquisa e tratamento do câncer entre 1º de agosto de 2019 e 31 de julho de 2020. Entre os avanços apresentados no relatório estão o número recorde de terapias aprovadas pela agência reguladora norte-americana Food and Drug Administration (FDA) nesse período e o papel dos pesquisadores de câncer frente aos desafios impostos pela pandemia da COVID-19.

Imunoterapia e qualidade de vida em idosos com câncer de pulmão

theodora karnakis bxA imunoterapia com inibidores de checkpoint anti-PD-1 e anti-PD-L1 foi implementada no tratamento de pacientes com câncer de pulmão de não pequenas células (CPNPC) no cenário da doença localmente avançada e metastática. No entanto, a maioria dos dados disponíveis deriva de ensaios com pacientes mais jovens e com performance status superior ao de pacientes idosos. Artigo1 da Sociedade Internacional de Geriatria Oncológica publicado no British Journal of Cancer reúne recomendações para preencher lacunas de evidência nesta população de pacientes. A geriatra Theodora Karnakis (foto) comenta o trabalho.

Células imunes no tecido mamário

banner podcast onconews 300x250pxEm mais um PODCAST ONCONEWS, Silvio Bromberg, mastologista do Centro de Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein e do departamento de Mastologia da BP Mirante, discute a biologia tumoral e as células imunes presentes no tecido mamário. Ouça.


Teste de SARS-CoV-2 em pacientes com câncer assintomáticos antes do início do tratamento sistêmico

guilherme harada bxO oncologista Guilherme Harada (foto), do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, é primeiro autor de revisão sistemática que avalia a estratégia de testar para SARS-CoV-2 pacientes com câncer assintomáticos antes de iniciar o tratamento sistêmico. Os resultados foram publicados no periódico e-cancer.

Bloqueio duplo de CD47 e HER2 e radiorresistência no câncer de mama

daniel 200 foto2 bxO bloqueio duplo de CD47 e HER2 pode efetivamente eliminar as células resistentes à radioterapia no câncer de mama. É o que mostra estudo publicado 14 de setembro na Nature Communications, com dados que prometem reformular o cenário de tratamento. "Os resultados são impressionantes, assim como a grande complexidade cientifica do trabalho”, analisa o radio-oncologista Daniel Przybysz (foto), que comenta os principais achados.

Avanços e promessas no mesotelioma pleural maligno

vladmir 2020 okHá uma forte necessidade não atendida de melhorar a terapia sistêmica no tratamento do mesotelioma. A edição de setembro do Lancet Oncology traz os resultados de estudo de Fase II que avaliou o anticorpo anti-PD-L1 durvalumabe durante e após quimioterapia de primeira linha com cisplatina e pemetrexede em pacientes com mesotelioma pleural maligno avançado. Nesta análise, a adição de durvalumabe mostrou atividade promissora e um perfil de segurança aceitável que justifica investigação em ensaio clínico de Fase III. O oncologista Vladmir Cordeiro de Lima (foto), do A.C.Camargo Cancer Center, comenta os resultados.

Combinação de imunoterapia na primeira linha do câncer renal avançado

Murad 2019 bxO oncologista André Murad (foto), diretor clínico da Personal - Oncologia de Precisão e Personalizada, é coautor de análise post hoc do estudo Fase III CheckMate 214 que avaliou a eficácia de nivolumabe mais ipilimumabe versus sunitinibe em pacientes com com carcinoma de células renais avançado com características sarcomatóides (sRCC). O estudo foi publicado na Clinical Cancer Research, periódico da American Association of Cancer Research (AACR).

Subtipo molecular e sensibilidade à radioterapia fracionada no câncer de mama

banner podcast onconews 300x250pxO mastologista Silvio Bromberg, médico do Centro de Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein e do departamento de Mastologia da BP Mirante, analisa estudo multicêntrico publicado no International Journal of Radiation Oncology Biology Physics (Red Journal) que buscou comparar as taxas de recorrência local entre pacientes com câncer de mama tratadas com radioterapia hipofracionada versus fracionamento convencional de acordo com o subtipo molecular. Ouça, em mais um PODCAST ONCONEWS.

Repensando a pesquisa clínica em oncologia pós-COVID-19

daniel araujo bxO oncologista Daniel Vilarim Araújo (foto), chefe do serviço de oncologia clínica do Hospital de Base, em São José do Rio Preto (SP), é coprimeiro autor de artigo1 publicado no JAMA Oncology que busca repensar os caminhos da pesquisa clínica em câncer após a pandemia da COVID-19. “É hora de incorporar novas tecnologias, revisitar velhas práticas e avançar em direção a melhores resultados para nossos pacientes”, defendem os autores.

Imunoterapia e radioterapia: novos dados no câncer de pulmão

Hanriot Net OK 1Em pacientes com câncer de pulmão que recebem imunoterapia e radioterapia, a SBRT está associada a melhor resposta e sobrevida livre de progressão comparada à RT tradicional. É o que mostram resultados de estudo liderado por pesquisadores do M.D. Anderson Cancer Center e do Shandong First Medical University, publicado em agosto na Radiotherapy and Oncology. Quem comenta é o médico especialista em radioterapia Rodrigo Hanriot (foto), coordenador do serviço de Radioterapia do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.


Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
300x250 ad onconews200519