28102020Qua
AtualizadoTer, 27 Out 2020 2pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

Prevalência da COVID-19 e mortalidade em pacientes de câncer

covid 4 bxEstudo realizado no Reino Unido avaliou o risco de morte por COVID-19 de acordo com o subtipo de câncer, em uma análise prospectiva que considerou mais de mil pacientes. Os resultados foram reportados 24 de agosto no Lancet Oncology e devem ser vistos com cautela. “Pacientes com neoplasias hematológicas (leucemia, linfoma e mieloma) estão sobrerrepresentados, o que talvez sugira uma suscetibilidade aumentada a priori à infecção viral”, destacam os autores.

Neste estudo foram considerados pacientes adultos inscritos no UK Coronavirus Cancer Monitoring Project (UKCCMP), comparados com uma população de controle a partir do UK Office for National Statistics (dados de 2017).

O objetivo primário foi avaliar o efeito do subtipo do tumor, idade e sexo na prevalência da síndrome respiratória aguda grave do coronavírus 2 (SARS-CoV-2) e a taxa de letalidade durante a internação. “Analisamos o efeito do subtipo de tumor e dados demográficos (idade e sexo) do paciente na prevalência e mortalidade de COVID-19, usando modelos univariados e multivariados”, descreve a publicação.

Os resultados do estudo britânico mostram que de  1.044 pacientes na coorte UKCCMP,   319 (30,6%) morreram,  dos quais 295 (92, 5%)  em decorrência da COVID-19. A taxa de letalidade por todas as causas em pacientes com câncer após a infecção por SARS-CoV-2 foi significativamente associada ao aumento da idade, passando de 0,10 entre pacientes de 40-49 anos para 0,48 naqueles com idade ≥ 80 anos. Pacientes com neoplasias hematológicas (leucemia, linfoma e mieloma) cursaram casos mais graves de COVID-19 em comparação com pacientes com tumores sólidos (odds ratio [OR] 1 · 57, 95% CI 1 · 15–2 · 15; p <0,043). No entanto, a publicação ressalva que casos de câncer de pulmão estava relativamente sub-representados na coorte da UKCCMP.

Nesta análise, os pacientes com leucemia mostraram aumento significativo na taxa de letalidade (2, 25, 1, 13–4 · 57; p = 0 · 023) em relação ao restante da coorte da UKCCMP. Após a correção para idade e sexo, aqueles com neoplasias hematológicas tratados com quimioterapia recente tiveram risco aumentado de morte durante a hospitalização por COVID-19 (OR 2 · 09, 95% CI 1 · 09–4 · 08; p = 0 · 028).

“Pacientes com diferentes tipos de câncer têm suscetibilidade diferente à infecção por SARS-CoV-2 “, concluem os autores, que publicam uma tabela de risco, considerando idade, sexo e subtipo de tumor. Este estudo é financiado pelas universidades de Birmingham e Oxford.

Referência: Lee, L. Y. W., Cazier, J.-B., Starkey, T., Briggs, S. E. W., Arnold, R., Bisht, V., … Collins, G. (2020). COVID-19 prevalence and mortality in patients with cancer and the effect of primary tumour subtype and patient demographics: a prospective cohort study. The Lancet Oncology. doi:10.1016/s1470-2045(20)30442-3

 

Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
300x250 ad onconews200519