25112020Qua
AtualizadoTer, 24 Nov 2020 4pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

FDA concede revisão prioritária para combinação de cabozantinibe e nivolumabe no câncer renal avançado

RIM NET OK HORIZONTALA US Food and Drug Administration (FDA) aceitou os pedidos de Aplicação de Licença Biológica (sBLA) e Nova Aplicação de Droga (sNDA) para a combinação de cabozantinibe e nivolumabe para pacientes com carcinoma de células renais avançado. Os pedidos foram baseados nos resultados do estudo de Fase III CheckMate -9ER, apresentados no Simpósio Presidencial do ESMO 2020.

CheckMate -9ER é um estudo de Fase III aberto, randomizado, que avalia pacientes com carcinoma de células renais avançado ou metastático não tratados previamente. Um total de 651 pacientes (23% risco favorável, 58% risco intermediário, 20% alto risco; 25% PD-L1 ≥ 1%) foram randomizados para receber cabozantinibe e nivolumabe (n = 323) vs. sunitinibe (n = 328).

O endpoint primário foi sobrevida livre de progressão (SLP). Os endpoints secundários incluíram sobrevida geral (SG) e taxa de resposta objetiva (ORR). A análise de eficácia primária foi a comparação da combinação com sunitinibe em todos os pacientes randomizados.

Em um período mediano de 18,1 meses de acompanhamento todos os endpoints de eficácia foram atendidos. N + C melhorou significativamente a SLP (HR 0,51 [IC 95% 0,41–0,64], P <0,0001; mediana, 16,6 versus 8,3 meses) e a SG (HR 0,60 [98,89% CI 0,40-0,89]; P = 0,0010; medianas não alcançadas) vs sunitinibe. Os resultados foram consistentes, independentemente do score de risco IMDC pré-especificado e em todos os subgrupos PD-L1. A ORR (IC de 95%) foi significativamente maior com N + C v S (55,7% [50,1–61,2] versus 27,1% [22,4-32,3]; P <0,0001), e 8,0% vs 4,6% dos pacientes obtiveram resposta completa. A mediana de duração de resposta foi de 20,2 vs 11,5 meses, novamente com superioridade do braço de combinação.

A combinação foi bem tolerada, com uma baixa taxa de interrupções relacionadas ao tratamento, e refletiu os perfis de segurança conhecidos da imunoterapia e Do inibidor da tirosina quinase em pacientes com carcinoma de células renais não tratados previamente. Os resultados relatados pelos pacientes também demonstraram que a combinação foi associada a melhorias estatisticamente significativas na qualidade de vida em relação ao sunitinibe.

O estudo foi financiado pela Bristol Myers Squibb e Ono Pharmaceutical Co, e co-financiado pela Exelixis, Ipsen e Takeda Pharmaceutical Company Limited.

 

Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519